Lugar de Esperança, Lugar de Recomeço, Povo da Promessa! – 2ª Parte.

Bispo Sinvaldo Coelho

A segunda diretriz dada por Deus ao chamar Abrão foi: Te darei um novo lugar, um lugar de recomeço. “Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.” – Gênesis 12:1.

É imprescindível compreendermos que a benção de Deus para aquele que é chamado esta incontestavelmente vinculada ao ouvir a voz de Deus, obedecer suas orientações e deixar tudo para segui-lo. “Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.” – Marcos 8:35.

O chamado de Deus a Abrão assim como o chamado aos demais vocacionados sempre conduzirá a um lugar de recomeço, a um novo lugar. É preciso se despojar do velho homem, das velhas companhias, dos velhos costumes, das correntes que nos prendem a um aparente lugar de tranquilidade para o único lugar onde Deus deseja que estejamos e que nos levará a voos mais altos.

Esta jornada para um lugar de recomeço na maioria das vezes será dolorida, pois haverá rompimento com velhas tradições, costumes e realidades, contudo, o que Deus nos promete e o que Ele fará em nossas vidas e através de nossas vidas fará com vivamos um novo de tempo de bênçãos sem medida.
O patriarca Abrão é um excelente exemplo. Enquanto Abrão (Gênesis 12) – Grande Pai ou Pai elevado, posteriormente Abraão (Gênesis. 17) – “Pai de muitas nações, de multidões”.

Um lugar de recomeço é o ponto de nossas vidas que deixamos tudo para trás, largamos mão de nossos próprios sonhos e realizações, abrimos mão de nosso livre arbítrio para escolhermos submeter as nossas vidas inteiramente ao domínio do Espirito Santo e a completa e absoluta vontade de nosso Mestre e Senhor Jesus.

O Apostolo Pedro compreendeu de forma cabal esta questão e declarou: “Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos.” – (Mc. 10.28). Como contrapartida a esta afirmação, O nosso Senhor respondeu: ”Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.” – Marcos 10:29-30.

Um lugar de recomeço é o ponto de nossas vidas onde começamos a viver a plenitude do evangelho na dependência inestimável da ação de Deus onde Ele jamais falhará e nos acrescentará a cada manhã o pão nosso de cada dia (Mateus 6.1), a cada dia Sua presença e provisão (Jó. 7.18), a cada dia perfeito o brilho do justo (Provérbios 4.18) e a cada noite Sua Sabedoria (Salmo 19.2) e fidelidade (Salmo 92.2).

Um lugar de recomeço é o ponto de nossas Igrejas quando somos agraciados diante de todo o povo, a nossa fé é confirmada e a cada dia são acrescentados o número dos que hão de ser salvos. (Atos 2.47 e 16.5).

Assim como, há esperança para a árvore cortada que se renovará e brotará ao cheiro das águas – (Jó 14), assim há um lugar de recomeço para aqueles que deixam tudo por amor ao Senhor.

Bp. SCC 20180216.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *