Como resolver o problema de Fake News no WhatsApp

por  Irª. Tatiane Amaral & Equipe Comunicação & Marketing da 3a RE.

LUGAR DE ESPERANÇA, LUGAR DE RECOMEÇO, POVO DA ESPERANÇA!
“E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção… e em ti serão benditas todas as famílias da terra.” (Gn. 12.2-3b)

“E, se sois de Cristo, então, sois descendência de Abraão e herdeiros conforme a promessa.” – (Gl. 3.29).

Que a Graça e a Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo continuem reinando sobre a sua vida, família e ministério! A Comunicação e o Marketing da 3ª RE alerta: Como resolver o problema de fake news no WhatsApp:

Cadê o seu dedinho nervoso que compartilha enlouquecidamente tudo o que recebe? Aquelas vozes sinistras em gravações de áudio: “Aqui é o fulano…”. Pior se ainda põe o recado “Repasso, como chegou” … “Não chequei, mas veio de boa fonte…” e aí aparece como “fonte” o primo do irmão do avô do tio, filho da mãe de um amigo, que garante ser verdade.

Seguem dicas importantes para não compartilhar fake News:

1. Sem fonte: Chegamos então ao primeiro ponto: não tem fonte, desconfie. Mesmo que possamos ter suspeitas sobre o posicionamento da imprensa tradicional, jornais, revistas e sites ter um panorama mais completo e menos ideológico do fato. E mesmo que seja uma informação muito apetitosa e o dedo coce para compartilhar, questione sempre. Você conhece o site que compartilhou ou vem de um “tocompartilhando.com.br” da vida? A informação vem de um instituto ou de uma universidade de renome? Tem referências no texto, links para uma pesquisa séria ou é só um monte de achismo ou de adjetivos?

2. Tom pejorativo é indicativo de mentira: Aliás, importantíssimo: jornalismo sério, de qualquer lado, não sai por aí usando termos pejorativos. Se texto veio cheio de “petralha”, “coxinha”, “golpista”, duvide.

3. Olhe SEMPRE a data: Outro detalhe importante é prestar atenção às datas. Uma notícia pode até não ser falsa, mas ela é de 2003, logo talvez ela já não faça mais sentido. Se parecer muito absurda, jogue no google. A chance de ser mentira já desmentida há tempos é grande. Se vier pelo WhatsApp, não dê como verdadeiro logo de cara.

4. Use o Google para checar: Checagem é a palavra chave nesses casos. Vale lembrar que estamos em ano de eleições e os sentimentos ficam cada vez mais à flor da pele para informar as pessoas do nosso círculo. Toda atenção é pouca.

Fontes de Pesquisa: hypeness, Google, Portal

Comunique-se Servindo e Amando ao Senhor, Seu Corpo e Seus Propósitos

Um comentário em “Como resolver o problema de Fake News no WhatsApp

  • novembro 2, 2018 em 3:23 am
    Permalink

    Ótima matéria! Infelizmente o Povo de Deus está bastante afoito no Zap. Está rápido em compartilhar e tardio em analisar. Parabéns!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *